Inicial
Marcas Indicações Pássaros
Boa Tarde, Personalize esta página! Temas

 

Acessórios | Porta Vitamina
Alças para Gaiolas | Ganchos
Alimentação Manual | Papas | Seringas
Alimentos Especiais | Insetos | Beija Flor
Banheiras e Tigelas
Bebedouros
Brinquedos | Playground
Capas Divisórias Forros
CDs | DVDs
Chaveiros | Ornamentos | Decoração
Comedouros | Cochos
Equipamentos | Transportes | Caixas Larva
Farinhadas | Papas de ovo e frutas
Gaiolas | Viveiros
Higiene | Beleza | Aromatizantes | Piolhicidas
Identificação | Marcação | Anilhas
Livros e Pôsteres
Medicamentos | Polivitamínicos | Suplementos
Medicamentos | Preventivos | Curativos
Minerais | Areias
Ninhos | Estopa | Crochê
Pigmentantes | Cantaxantina
Poleiros | Presilhas | Puxadores
Pragas Domésticas | Inseticidas
Prego | Fibra | Bambu | Arame | Marchetaria
Rações Extrusadas | Granuladas
Sementes | Bastões | Blocos
Sementes | Misturas
Acessórios e Utensílios
Adubo | Fertilizantes
Bulbos | Flores
Decoração
Ferramentas | Tesouras
Fontes de Água
Iluminação
Irrigação | Aspersores
Plantas Artificiais
Sementes Plantio | Ervas | Temperos
Sementes Plantio | Flores | Ornamentais
Sementes Plantio | Hortaliças
Vasos | Cachepos | Hortas
Acessórios
Alimentos
Bebedouros
Brinquedos
Casas e Camas
Comedouros
Florais
Higiene e Beleza
Livros e Pôsteres
Medicamentos
Placas de Advertência
Presentes Pets
Roupinhas
Suplementos
Transportes e Malas
Acessórios
Alimentos Especiais
Bebedouros
Brinquedos
Camas e Colchonetes
Comedouros
Higiene e Beleza
Medicamentos
Presentes Pets
Transportes
Acessórios
Alimentos
Bebedouros
Comedouros
Gaiolas
Higiene e Beleza
Acessórios
Alimentos
Aquários
Bombas Submersas
Lâmpadas
Livros e Pôsteres
Manutenção
Ornamentos
Acessórios
Alimentos
Lâmpadas
Alimentos e Chás
Cosméticos Naturais
Farinhas
Grãos para Consumo
Suplementos
 

DETALHES Pássaros Sementes | Misturas



Semente de Abóbora Crua s/ Casca - 100g

Semente que poderá ser utilizada para consumo humano e aves.

X

Avisar-me Quando Disponível

Semente de Abóbora Crua s/ Casca - 100g

X

Obrigado!

Você receberá um aviso em seu e-mail quando o produto estiver disponível!

X

Erro!

Verifique se informou um e-mail válido!

Esgotado. Aguardando reposição de estoque!
Pacote de 100 gramas

 

Trata-se de um alimento funcional, por ser uma semente rica em fibras, zinco, cobre cálcio, magnésio e fósforo, além de conter um tipo de gordura saudável para a saúde. Pode ser utilizada também como vermífuga, por sua ação anti-helmíntica.
As sementes de abóbora são indicadas para complementar os lanches, podendo ser consumidas tostadas, cruas, com e/ou sem casca, pode também ser utilizada na massa de pães.

 

Informações Nutricionais:

Porção 12G

Quantidade por porção %VD*

Valor calórico 67Kcal 3

Carboidratos 8,1g 3

Proteínas 2,8g 4

Gorduras totais 2,9g 5

Gorduras saturadas 0,6g 3

Fibra alimentar 5,4g 22

Colesterol 0g 0

Cálcio 8,3mg 1

Ferro 0,5mg 4

Sódio 0mg 0


(*) Valores Diários de Referência com base em uma dieta de 2.000 calorias ou 8.400 Kj. Seus valores diários podem ser menores ou maiores dependendo de suas necessidades energéticas. **VD não estabelecido.

 

Artigo sobre a semente:

 

A semente de Abóbora

A abóbora é uma planta da família das Cucurbitáceas, de caule rasteiro ou trepador. Algumas variedades são oriundas do Oriente Médio e Américas, mas atualmente é cultivada no mundo inteiro. Planta própria de climas quentes, requer temperaturas entre 20 a 27ºC para seu cultivo e produtividade. É sensível ao frio abaixo de 10ºC e geadas.

Várias espécies do gênero Cucurbita são conhecidas como abóboras. A Cucurbita maxima (abóbora-moranga ou jerimum) é originária do Peru e chegou à Europa depois da conquista espanhola em 1532. A Moranga exportação (fruto com casca alaranjada e polpa amarela) e a Moranga Coroa IAC (fruto com casca cinzenta e polpa amarela) são variedades bastante comerciais.

Também conhecidas como abóboras são a Cucurbita moschata, que pode ter-se originado no México, mas presente há 5.000 anos nas Américas do Sul e Norte, e a Cucurbita pepo que é mexicana de origem, e cresce na América do Norte meridional há mais de 8.000 anos, chamada de abóbora-porqueira ou abobrinha verde.

O uso de sementes de abóbora na medicina chinesa data do século XVII, com relatos no combate de parasitas intestinais. As sementes são retiradas dos frutos completamente maduros e postas para secar rapidamente ao sol. Contém de 44 a 50% de fração oleosa (rica em ácidos graxos mono e poliinsaturados), elevado teor de fibras (23-27%) em relação às demais sementes, albuminas (proteínas – 37-40%), a cucurbitacina (um glicosídeo resinoso), sais minerais, especialmente zinco, magnésio e potássio, vitaminas do complexo B, sais do ácido fólico (folatos) e outras substâncias ainda desconhecidas.

A riqueza em cucurbitacina, substância que lhe dá a classificação botânica, confere à semente de abóbora reconhecida propriedade antiinflamatória, principalmente nas doenças da próstata e do sistema urinário. Cozida em água é uma boa indicação para o tratamento da bronquite. Além de ser um ótimo vermífugo para adultos e crianças.

O psicólogo Jonny Bowden (Doutorado em nutrição pela Universidade Clayton/EUA pela Saúde Natural), que se dedica à pesquisa dos alimentos há duas décadas, fez em 2008 uma lista dos 10 alimentos para os quais damos pouca atenção, mas que deveriam fazer parte da alimentação diária (*). O oitavo da lista são as frutas oleaginosas e o décimo da lista, reforçando, é a semente de abóbora, por ser uma boa fonte de magnésio, que segundo estudos franceses, homens com altas taxas de magnésio no sangue têm 40% menos chances de sofrer uma morte prematura do que aqueles com baixos índices.

Com tais características, a abóbora e sua semente são alimentos de interesse nutricional para crianças, adolescentes, gestantes, pessoas em convalescença e todos que desejam melhor desempenho de memória e inteligência.

As sementes são mais terapêuticas se consumidas frescas e cruas, com ou sem casca. Melhor ainda se deixadas de molho durante a noite e batidas num suco ou vitamina pela manhã. A semente de abóbora torrada e salgada, como normalmente comercializada, não apresenta o mesmo valor terapêutico descrito a seguir.

Rica em ácidos graxos monoinsaturados, pesquisas têm comprovado que o óleo contido nas sementes de abóbora apresenta resultados benéficos no tratamento de problemas da vesícula (congestão e cálculos) e próstata (hiperplasia).

Coração

O óleo contido na semente da abóbora é comparável ao azeite de oliva, quanto ao seu elevado teor de ácidos graxos monoinsaturados, já reconhecidos como benéficos ao sistema cardiovascular. Estudos revelam que o seu consumo diário tem efeito redutor das taxas de colesterol e triglicérides. As vitaminas A, B1, B2, E, Niacina, Ácido fólico, e os minerais magnésio, zinco, ferro, cobre, potássio, manganês, cálcio e selênio complementam este pacote alquímico que promove saúde ao coração.

Pressão sanguínea

Aposte na semente de abóbora para prevenir e tratar hipertensão arterial. Rica em potássio (919 miligramas), este mineral cumpre importante função no controle da pressão arterial. Homens e mulheres precisam consumir cerca de 2.000 miligramas de potássio/dia.
Prisão de Ventre

A concentração de fibras na semente de abóbora é bastante elevada, o que torna o consumo diário desta semente muito indicado na prevenção e tratamento da prisão de ventre. Mas não esqueça que:

1) a semente crua é muito mais benéfica que a torrada e,
2) o aumento do consumo de fibras deve ser acompanhado pelo adequado consumo de líquidos: água, sucos e alimentos crus.

Pele, cabelo e olhos

Rica em vitamina E (3,910 miligramas), uma vitamina de reconhecida ação antioxidante, o consumo diário desta semente pode ser um coadjuvante no combate ao envelhecimento precoce, não só da pele, como das células de todo o organismo. A dose recomendada para homens e mulheres é de 15 miligramas/dia.
Rica em vitamina A (6,2 microgramas), previne doenças como a degeneração macular. Vale um lembrete: mulheres precisam de 700 microgramas/dia, enquanto os homens precisam de 900 microgramas/dia.
O óleo extraído da semente de abóbora, usado tanto interna quanto externamente, auxilia no tratamento de queda de cabelo, quando combate o DHT (DiHidroTestosterona), que é o hormônio que penetra nos receptores dos folículos pilosos, iniciando um processo de enfraquecimento e perda dos cabelos.

Próstata

A semente de abóbora têm sido considerada um dos melhores tratamentos naturais na prevenção de problemas da próstata e trato urinário. Seus lipídios e alta concentração de zinco, melhoram a tonicidade dos músculos da bexiga, descongestionando a próstata. Ela pode ser ministrada como um coadjuvante na hipertrofia e inflamação da próstata, e também para prevenir quadros de inflamação da vesícula urinária.

Receita: cozinhe 150 gramas de sementes inteiras de abóbora (frescas e cruas, sem descascar) em 1 litro de água filtrada por 20 minutos em fogo lento. Deixe esfriar e transfira para uma garrafa ou recipiente de boca larga. Não é necessário coar, pois as sementes permanecerão no fundo, e poderão ser jogadas fora após o total resfriamento. Tome um copo desta água três vezes ao longo do dia.

Vermífugo

A abóbora está inscrita nas Farmacopéias Brasileiras I e II onde consta como parte usada a sua semente. Os autores, em geral, como Pessoa (1946:407), Youngken (1959:1105), Font Quer (1978:773), Claus & Tyler (1968:156), destacam a ação anti-helmíntica (vermífuga) das sementes de abóbora, particularmente no combate à tênia. O princípio ativo que lhe confere esta notável propriedade, são componentes ativos de caráter resinoso localizados no embrião e na membrana verde da semente: a cucurbitacina.

Alguns autores mencionam a semente crua e descascada outros a semente torrada. De qualquer forma, como é um tratamento de dose única, a indicação é de 100 a 150 gramas (crianças) e 200 a 250 gramas (adultos).

Receitas Vermífugo

A partir da semente crua: Quer (1978:773) recomenda 130 gramas de sementes de abóbora descascadas; transformadas em uma pasta e misturada com 50 gramas de açúcar mascavo até formar uma massa homogênea. Dividir em três porções iguais. Ministrar uma porção em jejum, outra na hora do almoço e a última na hora do jantar. Atenção: não ingerir outro alimento durante todo o dia. Passada uma hora, depois da ingestão da última porção, tomar 30 gramas (2 colheres de sopa) de óleo de rícino (ação purgativa).

A partir da semente torrada: as sementes descascadas de abóbora são torradas numa frigideira até ficarem douradas. São trituradas no liquidificador até formar uma paçoca. O tratamento costuma iniciar durante a fase da lua-nova, e a dose indicada é ingerida de uma só vez, em jejum, com leite de coco, não se alimentando durante o dia todo. À noite, toma-se um purgativo na dosagem de uma colher (sopa) de óleo de rícino. Outros preferem tomar esta dose do purgante parceladamente, durante o dia e a noite. Caso a solitária não seja eliminada, repete-se o tratamento, geralmente depois de um mês, coincidindo com a mesma fase lunar.

Convém lembrar que um possível insucesso no uso das sementes de abóbora como vermífugo deve ser atribuído a um problema típico brasileiro: por ser um medicamento popular e natural, não é respeitada a dose nem a forma correta do tratamento.

Uma curiosidade sobre usos das Abóboras e Morangas
Polpa - rica em vitaminas e sais minerais de fácil digestão é usada no preparo de doces, sopas, refogados, suflês, nhoques, pão, bolos, purês, sorvetes; compõe, bem, cozidos, feijoadas, assados. Crua, ralada, constitui saladas leves e saborosas. Crua, junto com suas sementes, resulta em desintoxicantes benéficos na redução da glicemia. Isenta de agrotóxicos, pois sua dura casca é um bloqueio natural a pragas, trata-se de um substituto, com muitas vantagens, da batata-inglesa que no Brasil é extremamente contaminada com agrotóxicos.
Folhas - cambuquira: parte muito rica da aboboreira, pouco usada na culinária. Previamente refogadas ficam deliciosas em sopas e caldos.
Flores - podem ser servidas em sucos desintoxicantes, omeletes ou à milanesa.
Sementes e brotos – elevado teor de ferro podem ser consumidas, cruas e frescas, desidratadas ou germinadas, em sucos desintoxicantes e saladas.

Conceição Trucom é química, cientista, palestrante e escritora sobre temas voltados para a
alimentação natural, bem-estar e qualidade de vida.

 

Fonte: https://sites.google.com/site/portalculturalbrasil/home/alimentosquecuram


Sementes e misturas de produção própria contam com tripla limpeza: Nossas sementes são limpas por processo de ventilação e peneiramento, sistema que força o desprendimento das partículas de poeira da casca dos grãos, assim como outras impurezas típicas da colheita dos grãos. Não adicionamos nenhum tipo de produto conservante as nossas sementes. Armazene sempre em local seco, fresco e arejado ao abrigo da luz solar. Utilize sempre a embalagem original. Após o uso feche com a ajuda de arame ou cordão para evitar o ataque de insetos e carunchos.

Fornecer o alimento em recipiente apropriado e limpo. Deixar sempre água fresca a disposição do pássaro.